Projecao Astral - Espiritualidade - Consciencia

Blog

CRÔNICAS ASTRAIS: O DESPERTAR

Publicada el 19 Ee junio Ee 2010 a las 14:10

Olá pessoal, para quem sabe, iniciei o trabalho das Crônicas Astrais no gva, e agora trago para vocês no PEC, e mais! com extras!


Crônicas Astrais conta a história de Gabriel, um jovem que é despertado para a projeção e se vislumbra com o plano astral, com o tempo ele percebe que nem tudo é encanto e de depara com corrupção e violência.


Nesse volume 1 (O Despertar), acompanhemos a busca de Gabriel para se encontrar com uma das projetoras mais conhecidas do astral, Sarah, explorando os personagens, refletimos sobre o que é justo.


A série já tem o volume 1 completo com nove capítulos + um capítulo que em breve será lançado, o volume 2 é o atual e já possue 8 capítulos.


CAPÍTULO 1: Quando o destino chama

Em meio a madruga, ele acorda de repente, como um susto, não selembrava do sonho, mas dizia a si mesmo: “Com certeza foi um pesadelo”.Dizia Gabriel, mas bastava dar apenas alguns passos em direção aobanheiro e começava a se lembrar do que tinha visto em sonho,traumatizante, visões de um futuro apocalíptico onde anjos de asasnegras subiam a terra e devoravam as pessoas. Olha pela janela paraconferir se estava tudo em ordem, de fato, estava uma noite tranqüila,“Foi apenas um maldito pesadelo”, volta a dormir.

No dia seguinte odespertador toca, “Mas já? Como o tempo passou rápido...”, ao selevantar se encontra com sua tia Isabel, ao qual vive junto, “Bom dia!Qual é o problema?”, “Não dormi muito bem...”, “Teve pesadelosnovamente? É incrível a quantidade de vezes que você tem isso, já fazmeses, procure um psiquiatra logo”, “vou tentar...”.

Gabriel játinha passado por outros pesadelos, era noite após noite, e já fazia 9meses, sua aparência já não estava boa, se alimentava mal, dormia muitoà tarde, pele pálida e sempre com sono, tinha uma repulsa porpsiquiatras, afinal seu pai era e cometeu suicido em sua frente cincoanos a trás, um passado que queria deixar para trás.

Alguns diasdepois, Gabriel recebe a notícia que sua irmã Sarah, seis anos maisvelha, viria lhe visitar. Foi uma grande notícia para ele, pois ela nãoera apenas uma irmã, como também uma grande amiga, na verdade a únicaamiga que tinha, pois Gabriel é pouco sociável, não tinha amigospraticamente. Sarah ajudou muitas vezes seu irmão a entender a simesmo, dizia que no futuro iria fazer algo muito bom e ajudaria muitaspessoas, era, talvez, a motivação dele para não cometer atrocidadescomo seu pai.

Sarah era uma mulher de convicção, certa nas palavras,mas com uma voz tranqüila, sempre trazendo uma sensação de paz,Gabriel, quando pequeno, dizia a ela que era como um anjo tocando harpaao lado de Deus. Guardava muitos mistérios, nunca disse onde morava,quando lhe perguntavam, respondia “em uma casa simples em um lugarsimples”, ela não gostava de visitas em sua casa, trabalhava comoenfermeira em um hospital longe de onde seu irmão morava.

Três dias antes de receber sua irmã na casa de seus tios, recebeu uma carta de Sarah:

“Seique está tendo dificuldades ao dormir, sei o quando está sofrendo pelaperda de nossos pais, e sei o quanto é árduo ter na única família quesobrou a falta de fé no futuro e em algo que se extende além de nossasvidas, sinto muito, não posso ir lhe visitar, os tios são muitodescrentes, eles não gostam de mim, sabem das coisas que fiz antes devocê nascer e não me aceitam ou me perdoam por isso até hoje, não possochegar em uma casa onde serei rejeitada no momento que bater na porta,sinto muito Gabriel, fique com Deus.”

Em um momento de fúria, rasgoua carta e saiu gritando pela porta de seu quarto, não por sua irmã, maspor seus tios que a impediam de vir, chegou na frente deles e gritou:“Foram vocês, não é? Foram vocês que disseram para ela não vir, tudoculpa de vocês!”, sua tia levantou a voz: “você realmente acha quevamos aceitar ela em nossa casa? Está parecendo ela quando pequena,brigando por uma bobagem, uma idiotice, está de castigo, não toqueneste assunto novamente!.

Gabriel olhou para eles com um ar de fúriae foi para seu quarto fazendo um estrondo ao fechar a porta. “O queDeus, o que eu faço? Por que isso está acontecendo comigo? Eu só queriaver minha irmã, mas esses tolos não permitem, é o que realmente querona vida, ver outra vez ela, não agüento mais ficar aqui.”

Ao chegara noite e deitar-se na cama, ficou refletindo sobre a carta, queriamuito vê-la e faria qualquer coisa para conseguir, notando o silêncioda casa começou a arrumar sua mochila, com roupas e o pouco dinheiroque tinha, saiu pela janela do quarto para nunca mais estar naquelacasa novamente.

Sua irmã morava a três cidades de onde estava, sabiaque seria longe, mas sua força de vontade era grande, então partiu. Aovagar na noite escura e fria depara-se com o medo, não sabia o quepodia acontecer, havia muitos assaltos na cidade, era preciso atenção,de repente vê uma van estacionar em sua direção, desceu homensmascarados, vieram correndo e o raptaram, colocando vendas nos olhos ena boca, ouvindo apenas uma voz: “cale a boca se não morre”. Gabrielentrou em desespero, mas não podia fazer nada, estava amarrado e tinhasido ameaçado, parece que seu desejo em encontrar Sarah foi perdido...

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 2: Huncamé

Gabriel se sentia cansado, já fazia algumas horas que estava amarradoem uma cadeira, enquanto ouvia as discussões de seus raptores, nãoconseguiu entender nada, parecia um idioma diferente. Após algum tempolhe retiraram as vendas, como alguém direto perguntaram: “onde estãoseus pais”, “... mortos...”, “alguém deve cuidar de você, não é?”,Gabriel se manteve em silêncio, pensando em seus tios, ainda que osodiasse, mas os seqüestradores eram persistentes, colocaram uma arma naboca dele e disseram: “escute aqui, está vendo isso? É uma arma, nãoseja tolo em responder, vou perguntar uma última vez, quem são seusresponsáveis?”, Gabriel realmente estava disposto a não falar, mascomeçava a pensar em sua irmã, que queria ver mais uma vez. O queestava com a arma apontou para a cabeça de Gabriel com um ar de fúria,da mesma forma que ele teve por seus tios, com certeza ele iria atirar,mas um comparsa apareceu e disse: “esconda essa arma, Huncamé chegou,ele vem aqui falar com o garoto”, “Huncamé? Droga! Bem no momento quepoderia tirar um gostinho do medo.” Ele escondeu arma e alguns segundosdepois apareceu um homem com uma máscara de madeira, com barbatanas eolhos assustadores, possuía uma voz grave e dupla, perguntou: “quem éeste garoto?”, “mestre, nós precisávamos de dinheiro e...”, “eprecisavam de uma arma, para ameaçar um garoto? Vocês se rebaixaram,depois quero ter uma conversa com vocês.” Huncamé se aproximou deGabriel e olhou bem nos olhos, ele suou frio, Huncamé passava umagrande sensação de medo, falou: “parece que o seqüestro não foi umdesperdício tão grande assim, você tem uma irmã, certo garoto?“s-s-sim”, respondeu gaguejando Gabriel, não conseguia não falar, omedo era muito grande, “qual é o nome dela?” “Sarah é o nome dela,Sarah Kenin”, “Kenin? Sarah Kenin? Mas ora ora, as coisas estão ficandointeressantes, diga para ela que Huncamé mandou não passar por lánovamente”, “você conhece ela? Mas nem sei como encontrá-la...”,“apenas diga isso garoto, e não se preocupe, você irá se encontrar comela, agora soltem o garoto”, “mas senhor...”, “agora...”. Os homenssoltaram Gabriel e jogaram-no pela porta trancando-a depois,imediatamente começou a correr pela rua, em desespero.

Enquantoisso, na casa, Huncamé estava com fúria, “mas o que diabos estavampensando? Quantos seqüestraram quantos ameaçaram? Cinco? Seis? Nãoquero desculpas, não agimos dessa forma, se eu pegar algum de vocêsfazendo isso novamente... sabem o que irei fazer agora você –apontandopara o que cuidava a porta- faça aquilo”, “é tão importante assimsenhor?”, “com certeza, as coisas estão mudando, logo teremos o quequeremos, se vocês fizerem o que eu mandar, as coisas ficarão melhores.”

Quemseria Huncamé? Por que a máscara? O que ele realmente escondia? Muitospensamentos fluíam na cabeça de Gabriel, correndo feito louco nas ruasvazias da noite, estava perdido, com fome, com frio e sozinho, soltandolágrimas de desespero, e, ao mesmo tempo, sua raiva crescendo, cada vezmais.

Após tanto correr, começava a ficar cansado, só não sabia ondetinha parado, em meio a estrada, ouvindo o som de buzina, ao olhar, umcaminhão vindo em sua direção, não havia tempo de escapar, não haviamomento de pensar, era a perdição, seu momento em encontrar Sarah foiperdido, o momento tinha chegado, Gabriel foi atropelado, seria este seu fim?

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 3: Alguém para se acreditar

O que aconteceu? Será que estou morto? Estes foram os pensamentos deGabriel, ao ver-se flutuando acima do seu corpo onde parecia ser umhospital, sua visão estava fraca, não conseguia ver quase nada.Enquanto isso, no outro lado da sala hospitalar, estava Sarah, olhandopara seu irmão por uma janela de vidro, com um ar de tristeza, nãoqueria vê-lo neste estado, aproxima-se um homem, “Olá Sarah, já fazalgum tempo, não é mesmo?”, “Olá Vishnu, pois é, as coisas andam meiocomplicadas do lado de lá, e agora meu irmão...”, Vishnu soltou umsuave sorriso, “Ele ficará bem, ele é forte, afinal é irmão de quem,não é mesmo?”, Sarah levantou também um leve sorriso, fazendo um pedidoa ele, “Será que você podia entregar este bilhete ao Gabriel?”, “Vaideixar ele novamente? Ele está desesperado a sua procura e vaiembora?”, “Eu não quero envolvê-lo nisso, é muito arriscado...”, “Masterá que envolver, Huncamé está aqui e ele vai fazer de tudo paracorrompê-lo”, “Eu sei...por favor Vishnu, você é o único que sobrou,logo os nossos tios vão chegar e não me dou muito bem com eles, nãoquero arranjar discussão agora...”, “Certo Sarah, mas será a última vezque lhe faço um favor deste tipo, fique de olhos abertos”, “Ficarei,obrigada”. Sarah partiu do hospital, Vishnu coloca um jaleco branco eentra na sala onde Gabriel estava, assegura sua mão e acorda como em umsusto, “Onde estou? Cadê a Sarah? Onde ela está?”, “Calma aí Gabriel,você está em um hospital, sofreu um acidente, não se lembra?”, “Claroque eu me lembro, onde está minha irmã?”, “Ela... ela foi embora... masdeixou um bilhete, não se preocupe, ficará tudo bem”, “e me deixou aquisem me ver? Passe logo este bilhete!”. Gabriel praticamente tomou obilhete de Vishnu, ele estava estressado, e ouvia a voz de seus tioschegando, no bilhete tinha uma frase: “Gabriel, você não está pronto,volte para a casa de seus tios.”, ele arregalou os olhos, tremia asmãos e amassou o bilhete, jogando longe, no mesmo tempo que seus tiosentraram. “Gabriel, que comportamento é esse? Vamos logo para casa,temos muito que conversar”.

Sarah ao sair do hospital pelos fundostoma um ar de espanto, se depara com Huncamé, “Você! O que você queraqui? Sabe quem não é bem-vindo”, “Olá Sarah, é um prazer também vervocê, eu tenho que conversar sobre algumas coisas...”, “Não temos nadao que conversar, você estava lá, se intrometendo, e eu trabalhando,tinha que fazer alguma coisa”, “Ah, agora entendi, você quer protegerseu irmãozinho, não é mesmo, deixe lhe mostrar uma coisa”, Huncaméretira a máscara, estava com o olho esquerdo totalmente queimado, “Esteé o preço que se paga por estar aqui, dor, sofrimento, mas há sempreuma recompensa...ou será que seu pequeno e bobo irmão já está com aalma corrompida?”, Sarah fica furiosa, levanta-o pelo pescoço e ocoloca contra parede, “deixe meu irmão em paz!”, “parece que não ésomente ele que está com a alma corrompida...”, Sarah o largou, seafastou um pouco dele, uniu as palmas das mãos, fechou os olhos, aovoltar abrir disse: “Huncamé, você já me causou problemas demais, nãoquero voltar a vê-lo, e não me siga”, “como quiser...sarah...”,colocando a máscara com um ar de deboche, Sarah partiu.

De volta acasa de seus tios, Gabriel estava triste e pensativo, trancado em seuquarto e com grades na janela, evitando que fuja, correu lágrimas deseus olhos, lembrando de Sarah, Huncamé e o homem de jaleco que disseque tudo ficaria bem, mas como as coisas ficariam bem? Seus olhospareciam sem vida. Já se passara duas noites desde o incidente, estavacada vez mais magro, sem fome e sem esperanças, seus tios trancavam aporta da casa ao saírem, deixando-o sozinho, não restava mais nada, nemmesmo a própria vida.

Naquela noite, ouviu um ruído estranho najanela de seu quarto, parecia que alguém estava retirando as grades, oque custava olhar? Não tinha nada a perder mesmo, pensava Gabriel, aoabrir a janela leva um susto, se depara com aquele mesmo homem queconversou no hospital, mas com uma roupa diferente, um sobretudo pretocom listras azuis, seus olhos verdes brilhavam, “Você!”, “Olá Gabriel,desculpe por não ter me apresentado antes, sou Vishnu, é um prazer lhever”, “o que você quer aqui?”, “eu quero o que você quer, que saiadaqui, que manifeste suas habilidades como sua irmã”, “Sarah? Não, nãoquero voltar a vê-la...”, “o que aconteceu? Perdeu a fé? Suairmã...Sarah...ela vem muito ocupada, e não queria arriscar sua vida”,“arriscar minha vida? Mas o que afinal vocês escondem?”, “é uma longahistória, primeiro eu tenho que levá-lo a um psinner, é raro achar umdesses hoje em dia, mas conheço um muito bom, só espero que ele lheatenda...”, “Psinner? O que é isso?”, os dois ouviram a voz da tiaIsabel vindo em sua direção, “rápido, temos que sair daqui”, disseGabriel, Vishnu estava sério olhando para a porta, parecia que eletinha que esperar por ela, falar a verdade. Isabel abriu a porta,espantosa, “Vishnu, primeiro ela, agora você, não quero ver vocêsaqui!”, “Olá tia Isabel, não se preocupe, eu só vim buscar o Gabriel”,“o Gabriel... ótimo, leve ele mesmo para fora daqui, ele só me estádando trabalho ultimamente...”, “Gabriel, arrume suas malas, prontopara ir?”, “Mas é claro!”.

Gabriel e Vishnu partiram, na noiteescura, mas desta vez sem medo, Vishnu passava uma sensação desegurança, sua esperança tinha voltado, mas antes que pudesse sumir devista, olhou para trás, viu a casa de tios e disse: “tinha Isabel,obrigado”. Vishnu lançou um sorriso discreto e foram embora.

Uma nova jornada havia começado...

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 4: Psinner

Já estava amanhecendo, Gabriel, cheio de perguntas em sua cabeça,Vishnu caminhava tranquilamente, “Como conheceu minha irmã?”, “É umalonga história, digamos que nos conhecemos em um grupo que se alistouem ajudar outras pessoas voluntariamente”, “Vocês faziam sopão?”, ”Oquê? Ah, não, que isso, nós... como posso lhe dizer... mantia aspessoas em segurança...”, “Vocês resgatavam pessoas então”, “É por aí”,“Afinal por que você veio me buscar?”, “Existem muitas coisas que vocêprecisa saber, vai ter o privilégio de conhecer alguém que trabalhoucom Sarah e comigo durante muitos anos, ele tem uma grandeespecialidade, talvez o mais habilidoso nisto no mundo”, “E quehabilidade ele possui?”, “Você verá”. Os dois pararam em frente a umquarto dentro de um apartamento, com o número 696, Vishnu bateu naporta, abriu a porta um jovem, provavelmente na mesma idade de Gabriel,era notável seu sono, ao perceber que era fechou a porta imediatamente,Vishnu voltou a bater, quando foi aberta novamente, disse: “Olá James,precisamos de sua ajuda”, “Não”, James volta a fechar a porta, “Ele temesse costume... -disse Vishnu- James, por favor, temos algo muitoimportante para fazer, o irmão de Sarah está aqui, James abre a porta,“de Sarah? “Você sabe que não trabalho mais com essas coisas VishnuDelta, perdeu seu tempo aqui, e ele é fraco, não precisa saber”,“Fraco, eu? - disse Gabriel- eu percorri meia cidade, fui seqüestrado,fui atropelado, quase morri em coma, minha irmã me abandonou, e aindavim aqui espontaneamente e ainda me acha fraco?”, “Pelo jeito puxou apersonalidade forte dela, bem, o que eu posso fazer, sei que não vãoembora mesmo, mas não vou usar minha habilidade, apenas conversarDelta, entrem”. O apartamento de James estava imundo, roupas largadas,lixo espalhado pelo chão, muita louça na pia, felizmente, ele mandousentar no lugar menos sujo, uma sala escura onde estava um sofá mofado,James pegou uma cadeira e sentou na frente dos dois, “Bela casa”, disseironicamente Vishnu, “É o preço que se paga por estar aqui e querer vera verdade, o garoto sabe?”, “Sabe o que?” perguntou Gabriel, “Projeçãoastral, quanto tempo de experiência você tem?”, “Projeção astral?Hahaha, vocês estão brincando, não é? Quem vai acreditar nessasbobagens de experiência fora do corpo... - Gabriel nota que os doisestão sérios-... qual é pessoal, que droga vocês estão usando? Eu nãoquero experimentar seja lá o que for...”, “Eu avisei, ele não merece,escute garoto, volte para casa, estude, trabalhe, tenha uma família emorra feliz”, “É isso que pretendo fazer mesmo, não quero ficar aquifumando, não é mesmo Vishnu? tudo culpa sua, agora sei os perigosos quea Sarah queria que não passasse, os perigos das drogas”, “Acalme-seGabriel, seus tios sujaram mesmo sua mente, ninguém aqui usa drogas esim, projeção astral é mais real do que imagina, James, por favor...,“Nem pensar Delta, já disse que não vou usar minhas habilidades e...”,“Huncamé está aqui”, James ficou espantado, “Venha comigo Delta”, osdois foram para a cozinha, um pouco longe da sala.

Gabriel começou aficar pensativo, se lembrara de Huncamé, seria mesmo possível projeçãoastral? Veio a sua mente a lembrança de ter visto seu corpo nohospital, seria algo real e não fictício, será que tia Isabel estavaerrada?

Enquanto isso, na cozinha, a conversa entre os dois estavaséria, “Huncamé, aqui? O que ele quer? “Não tenho certeza, mas eleseqüestrou Gabriel, o irmão de Sarah e fez uma ameaça, as coisas estãomudando meu amigo, dias sombrios vão chegar”, “Como ele conseguemanter-se por tanto tempo?”“, “Provavelmente ele roubou um olho dedragão, e agora conseguiu estabilidade, Gabriel tem um grandepotencial, não por ser somente filho de Sarah, mas por causa de suasvidas passadas”, “Então faça regressão nele”, “Não posso, Sarah colocouum bloqueio nele, o impedindo de qualquer um, até ele mesmo, acessarseu passado, ela o quer proteger, mas sabemos que Huncamé está lá fora,a nova geração é a nossa esperança, vocês são a nossa esperança, porfavor, liberte Gabriel da escuridão, eu ensino ele, mas gostaria devocê junto”, James ficou certo tempo pensando, “Está bem, mas não vá seacostumando, e não ficarei de babá lá”, “Como queira”.

Os doisvoltaram para sala, James imediatamente falou, “Olhe aqui garoto, vocêestá em uma ignorância total, vou ter que forçar seus olhos paraenxergar a luz, eu sou um psinner, minha habilidade é projetar pessoas,plantas, qualquer coisa que possa imaginar eu posso projetar, e é issoque vou fazer com você”, “Não estou espantado -falou Gabriel- de algumaforma sinto que isto é correto”, “Ótimo, não precisamos ficar entãodiscutindo o que é projeção, mas tenha certeza que vai doer quando lheprojetar, e muito, uma pessoa deveria se projetar naturalmente, seesforçando e aprendendo, quando se força a consciência para sair docorpo é como retirar uma fruta que não está madura, é ruim de retirar enão está pronta, mas neste caso abrirei uma exceção, já que o Deltaprecisa de você lá”, “Certo, o que tenho que fazer?”, deite no sofá,relaxe, você precisa estar com a respiração lenta e batimentoscardíacos baixos, feche os olhos e deixe o resto comigo”, “Bem, eu vouindo, vejo vocês lá”, disse Vishnu, fechou os olhos quando de repentese transformou em fumaça e sumiu, Gabriel ficou apavorado, “Não sepreocupe, você voltará a vê-lo daqui a pouco”.

Gabriel deitou efechou os olhos, relaxando os músculos e a respiração, James seaproximou e colocou o segundo e terceiro dedo da mão esquerda na testadele e com a palma da outra mão aproximou na região do umbigo, fechouos olhos, respirou profundamente e voltou a abrir, notou que conseguiuprojetá-lo, sentou na cadeira para projetar-se também.

Gabriel abreos olhos, a imagem estava esbranquiçada, mas aos poucos volta aonormal, estava deitado na terra, sentia uma leve brisa no seu rosto, aolevantar-se nota que estava no topo de uma montanha, dava para ver todaa região, muitos campos, bosques, cachoeiras e uma sensação de pazprofunda, sentia-se muito leve, nota Vishnu ao seu lado:

“Bem-vindo ao plano astral.”

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 5: Um passo no astral

Uma beleza profunda era o que se podia dizer ao tentar definir a visãodo topo da colina, Gabriel levanta-se, nota James surgindo no ar, comofosse uma fumaça branca que aos poucos ia ficando definida. “Então esseé o plano astral?”, “Sim Gabriel, é uma dimensão mais sutil que amaterial, então aqui a o pensamento se estende além da mente”, quandoJames ficou totalmente dentro do plano astral, falou: “Eu vou indo, faztempo que não venho aqui e preciso tratar de alguns negócios...”, “Vocêvai para Epísola?”, “Sim, preciso conversar com o Hotei”, James partiuvoando, Gabriel ficou impressionado.

Epísola é uma grande cidadecomercial que compõe o Arco Astral, um conjunto de cidades que mantém ofluxo do plano astral, ao total são sete cidades, cada uma localizadaem um região do plano, as três primeiras regiões constituem a chamadazona umbralina ou astral inferior, possuem as cidades de Samplo (cidademilitar), Csil (cidade industrial) e Pin (cidade de migração)respectivamente, as outras quatros regiões são chamadas de astralsuperior, pertencem as cidade de Epísola (cidade comercial), Alefka(cidade dos guardiões), Gainha (cidade de pesquisas), Ultima (cidadeadministrativa) e Psipo (cidade dos portais), cada cidade do ArcoAstral possue suas próprias leis, mas elas tem que obedecer as leissuperiores criadas pela cidade de Ultima, para impedir uma guerra.

Enquantoisso, James caminha nas ruas de areia de Epísola, a cidade mudoubastante desde a última vez que esteve ali, muitos vendedoresambulantes, até ver uma casa com a descrição B4-327, era ali que moravaa pessoa que procurava, sem bater, simplesmente abriu a porta, viudiretamente Hotei sentado em uma almofada comendo carne absurdamente,ele nota James, “Olá James, quanto tempo não o vejo, você sabe, não erapara estar aqui”, “Escute aqui seu gordo balofo- segurando a roupaperto do pescoço dele- Huncamé está no físico, onde ele está?”, “Ah,você quer saber a localização não é? Vai fazer o que? Enfrentá-lo?Somente alguém no nível de Sarah tem a capacidade de detê-lo, aliás,alguém como você pedindo minha ajuda é estranho, isso vai ter umpreço...”, “Não quero saber disso, foi você que vendeu o olho de dragãoa ele, não foi?”.

Hotei é considerado um dos comerciantes mais ricose poderosos de Epísola, possuía muitas mercadorias, um produtomisterioso como o olho de dragão é raro de ser encontrado, somentepessoas com influência política ou comercial conseguiria algo tãovalioso, mas ele já foi magro e simples, trabalhou com Sarah e Vishnuhá muito tempo atrás.

“Eu vendendo para Huncamé? Alguém como euvenderia um artigo tão valioso? Não seja tolo garoto, eu nunca trocariaalgo por...”, “Não me venha com desculpas, gordo, e não sou garoto,sabe que já sou crescido há muito tempo, vou lhe perguntar uma últimavez, onde está Huncamé?”, James ameaça Hotei com seu punho, logoaparece a filha de Hotei, Lhina, gritando e se atirando para cima deJames, “James!!! Como é bom ver você novamente, senti tantassaudades...”, James empurra de leve Lhina, “Já disse para você nãofazer isso! Não quero causar violência na frente de sua filha Hotei,vai me responder?”, Hotei faz uma expressão de envergonhado “É que...euperdi minha habilidade de localização...”, “Você o que?”, “Sabe como é,a vida de burguês aqui faz com a gente faça pactos para obterriqueza...”.

Muito comum em Epísola também era os chamados pactos detroca, onde uma pessoa passa e perde sua habilidade para outra a fim deobter algum lucro, que eram geralmente altos.

“Inacreditável, vocêera uma pessoa mais talentosa antigamente Hotei, é uma decepção vervocê neste estado”, Lhina reparou um ar de tristeza em seu pai,pensando -“preciso recuperar o orgulho dele”-, falou para James: “Porfavor, James, me leve com você, está em uma aventura, não está? Afinal,faz muito tempo que não vem para o astral...”, “Lhina, eu não estou emuma aventura, eu estou em uma missão, é muito arriscada, e você não temhabilidade, somente atrapalharia o grupo...”, “Mas eu tenho umahabilidade, consegui desenvolver com o tempo, é a hidrocinese, ahabilidade de mover líquidos...”, Hotei logo se intrometeu na conversa:“Grupo? Parece que os velhos tempos estão voltando, só que com uma novageração, por favor, leve Lhina, ela tem uma boa habilidade, vocêsprecisam completar o número do grupo.

James aceitou a proposta,levando Lhina consigo, ela não tinha aprendido a voar, então os doiscaminham de volta ao topo da colina, Lhina fala muito durante ocaminho, o que cansava James, “Não devia ter aceitado isso...”.

Notopo da colina, Vishnu começava a treinar Gabriel, “Gabriel, se vocêficar vai aprender muito, ao mesmo tempo, terá muitos inimigos, massaberá a verdade, a escolha é sua, podemos parar aqui e você podevoltar para casa se este for seu desejo...”, “E perder a oportunidade?Nunca, o que quero mesmo é conhecer este novo mundo”, Gabriel estavamuito empolgado, “Certo, hoje você vai aprender plasmagem, umaferramenta muito útil que pode ser usada em vários momentos,especialmente nos perigosos, enquanto no plano físico o pensamento ficalimitado à mente, aqui o pensamento tem liberdade de moldar energias,você pode criar qualquer coisa, vai da criatividade e quantidadedisponível de energia plasmática, que está relacionado com a energiavital, vou lhe mostrar um exemplo”, Vishnu colocou uma mão acima daoutra formando um X, saiu de suas mãos o que parecia ser um líquidoazul claro, só que mais leve que o ar, este líquido começou a formar umescudo sólido, “Tente agora Gabriel”, Gabriel concentrou-se fortementeconseguiu formar uma bola de basquete deformada, logo ficou cansado,disse Vishnu: “É normal ficar cansado no começo, não se preocupe, vocênão está acostumado com isso”.

Os dois notaram alguns gritos, era deLhina acenando, estava junto James, com uma aparência de cansado,Vishnu reconheceu, “Olá Lhina, como vai seu pai? Parece meio cansadoJames”, “Você não faz idéia de quanto essa garota fala”, “Parece queveio se juntar ao grupo, certo, Lhina, este é Gabriel, irmão da Sarah”,“Olá Gabriel, quer seu meu amigo? sabe, o James é muito amigo meu”,“Sério?”, “Não acredito...” disse James colocando a mão próximo a testa.

“Certo pessoal, vamos para Epísola, a cidade do comércio”, disse Vishnu, James aparentou ficar mais cansado ainda “Por que isso sempre acontece comigo?”

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 6: Epísola

O quarteto caminhava em direção a Epísola, enquanto isso, Gabrieltentava melhorar suas habilidades de plasmagem, ficava muito cansado aotentar fazer uma simples bola de basquete, que saia deformada, Vishnunotou o esforço exagerado dele, “Gabriel, o segredo não está naconcentração, o segredo está na imaginação, permita que ela flua porseu corpo, expanda sua mente”, Gabriel prestou atenção na frase, sabiaque poderia significar algo mais, haviam chegado à cidade.

“Se aquié uma cidade de comércio, como é efetuado o pagamento? Que dinheirotem?”, perguntou Gabriel, “O capitalismo aqui é semelhante ao do planofísico, mas ao contrário de lá, dinheiro não é o principal veículo,temos o chamado Blisan, equivalente ao Real, Dólar, Euro, os Blisanssão adquiridos por algum trabalho que você possa pegar ou por venda demercadorias, aqui se vende muitas coisas, especialmente essênciasespirituais”.

Essências espirituais são energias que ficamarmazenadas em esferas de vidro chamadas Kritac , quando alguém quebraa esfera libera um tipo de gás dando a alguém uma sensação material,para o plano astral, os espíritos habitantes deste mundo vêem grandeutilidade, por exemplo, um espírito pode querer alguma sensação de fomealiviada, de estar bêbado, relaxado ou alegre, são muitas as sensações,cada uma armazenada em um Kritac diferente, os Kritacs são obtidosatravés da manipulação do ectoplasma em Csil, a cidade industrial, eobtidos as sensações através da ida no plano físico e vampirizado asenergias, depois retorna a cidade para o processo de purificação, ocomerciante paga para obter um Kritac, desde sua forma primária aoestado purificado, mas estes custos são baixos, embora sejam vendidos apreços altos no mercado, obtendo-se um grande lucro. Mas não sãovendidos Kritacs apenas, também estão plasmagem de armas, alimentos etudo o que puder ser imaginado, estas plasmagens duram bastante tempodevido a ser revestidos por um tipo de energia sintetizada em Csilapartir do ectoplasma.

Ectoplasma é a energia mais densa que existe,dela pode se extrair a maioria de tipos de energias, e pode levar amaterialização de plasmagens, conservação delas ou até mesmo dospróprios espíritos, os olhos de dragão, itens muito raros, são fontespraticamente ilimitadas de ectoplasma e são vendidas a preços absurdosem Epísola, são semelhante aos Kritacs, diferenciando apenas pornotar-se um vapor cinza em seu interior.

“Afinal, o que viemos fazeraqui?”, perguntou James, “Preciso comprar alguns itens, para a viagem,o pai de Lhina é dono de um grande mercado, espero que nossa amizadepossa diminuir os preços”, “Do jeito que ele é, duvido”. Ao chegarem nomercado estava Hotei, “Olá Vishnu, quanto tempo, que motivo lhe trazaqui?”, “Olá Hotei, preciso comprar alguns itens”, “Comércio é comigomesmo, o que deseja?”, “Preciso de alguns Kritacs de restauração, epreciso de algumas armas também, uma espada média sem potenciais, outraespada média com potencial condutor, um hidrocajado e um biocajado,“Vai custar três mil Blisans, preço de amigo”, “Você não pode abaixarum pouco esse preço?”, “Eu disse que o gordo elevaria os preços, vamosem outro mercado...” disse James, “Esperem...certo, dois mil equinhentos”, “Ótimo, vamos levar, é uma pena Hotei, não quer mesmo vircom nós, tente fazer um novo pacto de troca para recuperar suahabilidade”, “Sinto muito Vishnu, já me aposentei, não quero voltar aativa, foram bons tempos”, “Huncamé, não é mesmo?, “Me desculpe...”. Osquatro partiram, notando uma expressão de tristeza nos olhos de Hotei.

Aosaírem do mercado, Vishnu falou: “Agora vamos todos para Pin, a cidadede migração, precisamos comprar passaportes para a viagem”, “Vamosaonde?”, “Temos que visitar uma amiga”.

Mas antes que pudessemdescer de região, aparece um grupo onde o líder deles é reconhecido porVishnu, estava vestido com um pedaço de crânio da cabeça, seu ladoesquerdo é possível ver suas costelas e algumas parte de seu corpopareciam estar em decomposição, era Arpuch, seguidor de Huncamé.

“OláVishnu, é bom ver você de volta, temos que acertar as contas, não émesmo?”, “Gabriel, James e Lhina, se afastem, é perigoso ficar muitoperto, este não é alguém com que vocês vão conseguir lidar, pelo menos,não ainda”. Os três se afastaram, Vishnu encostou uma palma da mão naoutra, gritou:

“Ascender: Vishnu!”

____________________________________________________________________

CAPÍTULO  7: Ascender!

Que habilidade poderia ser tão poderosa quanto Ascender? Uma técnicatão antiga quanto a própria existência do ser humano na Terra, aquelesaos quais as antigas civilizações formam chamado de deuses, eram naverdade, extraterrestres, seres de outros mundos que tem por missãoauxiliar na jornada da humanidade, eles sempre estiveram aqui, desde ocomeço, escondidos, mas olhando como um pai, tal poder é tão grande queforam retratados como divindades, Zeus, Rá, Thor, Vishnu, Huncamé,Hotei, Hades, entre tantos outros, afim de que pudessem não apenasguiar-nos, mas que pudesse escolher pessoas que possuem coração puroderam a habilidade Ascender, uma habilidade onde a pessoa assumiriatodo o conhecimento de seu mentor de outro mundo. Ascender não dáapenas ao usuário conhecimento, mas também todo o seu poder, todosaqueles humanos que conhecemos com nome de deuses receberam o poder epor isso levam o nome, como Delta, o homem que trabalhou com Sarah,Hotei e Huncamé para a preservação dos planos, ao receber a habilidadedo seu mentor Vishnu Luzian, passara a ser chamado de Vishnu Delta, oprimeiro Vishnu, o próprio extraterrestre, chamado de deus dapreservação pelos hindus, possuía habilidade de cura e preservação,atualmente chamada de biocinese (literalmente “mover a vida”;), assimcomo Huncamé, deus da condenação para os maias, ou Hotei, deus dariqueza para os japoneses, cada um foi passando de geração em geração ahabilidade, para manter o equilíbrio entre os planos.

Naquele dia, o plano astral ouviu algo que não ouvia nos últimos seis anos:

“Ascender: Vishnu!”

VishnuDelta mudou de aparência, possuindo um manto verde com listras brancas,um chapéu em forma de coroa com uma pena de pavão e um cajado que tinhaaparência de chocalho, “Arpuch, vocês todos quebraram as regras, devempagar isso”, “Ora ora, você realmente ativou o ascender, quenostálgico, entregou sua vida apenas para me matar?”, “Matar?-perguntouGabriel- como assim? Eles não são espíritos? Espíritos não sãoimortais?”, James viu a necessidade de responder, “Sim Gabriel, aessência espiritual é indestrutível, mas devido ao desequilíbrio entreos planos, a personalidade e as memórias podem ser apagadas, podemoschamar de involução, um espírito pode “involuir” outro até o ponto dese tornar uma simples essência mineral, ou seja, ele é zerado, é isso oque Vishnu quer fazer em Arpuch, zerá-lo, o único meio de trazerbondade de volta a seu coração, um novo começo, mas temo que o Deltafoi longe demais, ao executar a habilidade de Ascender, ele traz todo opoder do ancestral divino, isso é muito poder para um corpo astral”,“Isso quer dizer que...”, “Não sei ao certo, mas os seus pontos decirculação energética, os chacras, não vão conseguir suportar tanta emenergia, se ele ficar nove minutos nesse modo, seus chacras vãoexplodir, é o que se diz dessa habildiade.

A luta entre Vishnu eArpuch é intensa, já se passara dois minutos desde que foi ativado ahabilidade, as habilidades do oponente é a manipulação de venenoatravés de cobras astrais, que retira intensamente a energia vital,Vishnu tinha habilidade apenas de cura em forma ascendida, então teveque usar as próprias técnicas de combate que tinha, sua melhorhabilidade era a manipulação de energética: flecha espiral, usavavárias vezes contra Arpuch, que nada parecia ser afetado, sua fraquezaestava em técnicas corporais, algo que Vishnu tentou tirar vantagem,uma luta extremamente tensa, com muito brilho da luz que saia dele,raios brancos contra os raios negros de Arpuch, ao qual sempre recorriaao uso de magia negra.

“Por que ninguém faz nada?”, perguntouGabriel, “Porque Ultima, comandada pelo arcanjo Miguel, definiu apenasleis para o plano astral, no caso de uma ameaça ao próprio plano, istoé apenas um conflito entre dois seres, é expressamente proibidointerferência de espíritos superiores, mesmo se tratando da habilidadede ascender e a ameaça de Huncamé, para os iluminados, não passa deapenas uma ameaça”, “Isto não é justo”, “Nada é justo”.

Já sepassara oito minutos, Vishnu apresentava muitos ferimentos devido aestar com pouca energia, já estava deitado, pois cada vez mais perdiaforças, Arpuch lançou um sorriso insano, “Então este é poder de Vishnu,ridículo, testemunhe agora o verdadeiro poder da escuridão, Ascender:Arpuch”, o corpo dele extendeu a aparência de decomposição, com muitoshematomas, sua cabeça foi substituída por um crânio, seu poder estavamaior do que nunca, em uma simples conjuração “poço do sofrimento”Arpuch acabara de matar Vishnu, que imediatamente foi desintegrado,“Acabou crianças, seu mestre está morto, a vitória de Huncamé estágarantida”, desaparecendo em uma escuridão que tinha evocado.

Lhinae Gabriel simplesmente não acreditaram no que tinha visto, Vishnu foimorto por um soldado de Huncamé, James ficou inconformado, enviando umamensagem a Sarah que chegou o momento de agir. Um dia depois foi feitauma cerimônia fúnebre dedicada a Vishnu no astral, do trio deaprendizes, somente Lhina apareceu, enquanto isso, não muito longe,estava James, Gabriel e mais uma pessoa, Irshna, aprendiz da Sarah,James soltava muitas lágrimas, tinha tomado uma decisão, “Se realmentehouvesse justiça no astral nada disso teria acontecido, nem mesmo aexistência de Huncamé seria permitida, nós vamos formar um time com umúnico objetivo, nós vamos matar o arcanjo Miguel...”

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 8: Preparativos para uma guerra

Já era noite no plano físico, Huncamé atraiu muitos senhores das trevaspara sua atenção, sua proposta era grande, controlar o dois mundosdividindo com eles, já que os espíritos não podiam vir diretamente aofísico Huncamé construiu a Xilbará, uma distorção pequena no espaçoonde o astral e o físico se tornam um, era um meio eficiente decomunicação entre os dois planos. No Xilbará estavam Huncamé, Arpuch,Kinich, Seth e Izami; “Então, como foi a luta com Vishnu, Arpuch?”,“Foi fácil, mas ele usou o Ascender, se matou com isso, como pode tersido tão ignorante?”, “Será que foi mesmo?”, “O que você quer dizer comisso Izami?”, “Vishnu não era tolo, ele deve ter planejado algo antesde morrer, provavelmente deixou uma herança”, “E quanto ao Gabriel?”,“Ainda está naquele dilema, em breve o corpo físico vai puxá-lo devolta, existe um tempo limite nestas condições, mesmo que o Jamesesteja o ajudando”, “James então está de volta?”, “Sim, e provavelmentevai querer vingança pelo jeito, da forma como eu o conheço ele vaiatacar a cidade de Ultima e depois se virará contra nós, com provávelajuda da Sarah”, “A Sarah será um problema”, “Não se preocupem, eu douum jeito nela, a última fase do olho de dragão está quase completa, embreve não teremos nenhuma ameaça”.

Embora um olho de dragão pode serusado de forma direta, para uma escala grande é preciso prepará-lo emfases: GÊNESIS, ÁYUS, AITA e LUNO; GÊNESIS é a primeira fase, onde oolho é trincado e liberado sua energia, sendo contigo em um campo deforça extremamente denso onde são enviados energias negativas, asegunda fase ÁYUS ocorre quando a energia já refinada volta para ocristal transformando o olho de dragão no chamado olho de obelisco, umaesfera extremamente pesada e escura, a terceira fase “AITA” molda partedo cristal em forma de uma agulha, a última fase LUNO ocorre quando éejetada a energia para um ser, no caso, para Huncamé ocorrendo umatransformação chamada Shinowari o deixando com habilidades superiores atransformação de Ascender. A energia enviada durante a fase de Gênesisé muito grande e leva muito tempo, essa energia é recolhida através daabsorção da energia vital dos seres reencarnados, como conseqüência,eles morrem.

Enquanto isso, na cidade de Alefka, Irshna se aproximade Sarah, “Você já sabe Sarah?”, “Sim, eu sei, Vishnu não merecia isso,e agora o James não aceita isso...”, “O que você vai fazer?”, “Huncaméestá quase pronto, James vai atacar Miguel, mas também tem ela...”,“Não me diga que...”, “Logo Gabriel vai voltar para o corpo, ele vaiter uma surpresa, depois disso será hora de agir, mas primeiro temosque ver o que vai acontecer, tenho algo para você fazer, vá até Samplo,chame o Abílio, tenho algo que ele precisa fazer.

“Gabriel, vocêainda é fraco, precisa de treinamento, Vishnu deve ter o escolhido poralgum motivo, provavelmente sua habilidade, tem que descobrir qual”,“Os psinners não conseguem ver James?”, “Nós somos manipuladores deenergia, não clarividentes, daqui a algumas horas o seu corpo físico opuxará, você está chegando no limite de tempo”.

Após uma pessoa serprojetada por um psinner, o corpo físico é alimentado por uma energiasutil refinada pelo fluído cósmico universal impedindo sintomas comofome por exemplo, mas essa quantidade de energia refinada tem umlimite, já que essa refinação ocorre devido a existência do psinner queprojetou e se continuasse acabaria esgotando toda sua energia.

“Então,alguém vai me treinar?”, “Eu vou treinar você Gabriel, vou lhe ensinarplasmagem, que vai ser muito útil quando atacarmos Ultima”, “Então oplano vai continar mesmo?”, “Isso é claro, você não sente a dor pelaperda do Vishnu, ele foi um pai para mim, me ensinou muito do que sei,não podemos permitir que a morte dele seja em vão”, “Mas por queUltima, o que Miguel fez?”, “Se a justiça aqui no astral fossecompetente, imediatamente os guardiões, comandados pelo Miguel, teriamvindo impedir a luta e então não teríamos perdido nosso mestre”, “Issonão seria forçar alguém, interferir no livre-arbítrio?”, “O ser humanoaprende somente na dor, então é na dor que vamos mudar o mundo”.

Irshnachega na cidade de Samplo, céu muito escuro, uma sensação profunda deterror, na entrada uma enorme porta rodeada por espinhos, guardiões dosubmundo vigiam a fortaleza de Samplo, “Vim falar com Abílio”, “Do quese trata?”, “Sarah me mandou aqui, não interessa a vocês”, “Sarah?Certo, pode entrar”, passando pelos corredores escuros e úmidos cheiode celas guardando criaturas horrendas ela chega no quarto de quemprocurava, antes de bater a porta, ela é aberta, “Olá Irshna, entre, oque lhe traz nas profundezas do umbral?”, “Sarah está lhe chamando”,“Me chamando? Ela precisa de mim? Por que ela não vem até aqui?”, “Vocêsabe o porquê”, “E por que eu iria? Satisfazer as necessidades dela?”,Irshna quebra a mesa a sua frente com seu punho, “Isso não tem graçaAbílio, ou você vem ou te tiro a força”, “Será mesmo que conseguiria?”,o olhar de Irshna é tão profundo quanto a de Sarah, “Tudo bem, tudobem, se Sarah está me chamando significa que a coisa realmente estáfeia, onde ela está?”.

“Gabriel, você tem que se esforçar mais,desse jeito nunca atacaremos Ultima”, “Para você é fácil...”, “E depoisdisso trate logo de chamar sua irmã, alguém tem que lidar com Huncamé”,“Então é isso? Para você Sarah é apenas uma arma, um objeto que depoispode ser depois descartado? Cansei dessas suas insinuações James”,“Escute muito bem garoto, Sarah tem um segredo, ela na verdade tem...”

ImediatamenteGabriel volta para o corpo físico, o limite de tempo tinha acabado, comraiva de James, decide sair do apartamento, ao abrir a porta tem umagrande surpresa:

“Olá Gabriel”

“Tia Isabel?”

____________________________________________________________________

CAPÍTULO 9: Reunião

“Eu realmente queria entender tudo aquilo, Vishnu, Sarah, Huncamé eJames, agora a tia Isabel, sem dúvidas, é uma vida que está além dacompreensão, projeção é a habilidade mais poderosa do ser humano, minhatia fez perceber que há algo divino em todos nós...”

“Olá Gabriel”,“tia Isabel?”, “Faz algum tempo, não é mesmo?”, “Como? Você conheceJames?”, “Eu não queria que você seguisse esse caminho ainda, maistarde, quando a justiça for feita eu iria lhe revelar os segredos doalém do físico, mas Vishnu foi precipitado, e agora está você aí, bravocom James, triste pelo Delta e revoltado pela Sarah”, “Não me venha comesse papo tia, você odeia Sarah e, além disso, me expulsou de casa”,“Foi tudo uma armação Gabriel, queria deixar você oculto da projeçãodurante mais alguns meses, mas depois que o Delta apareceu percebi quetinha chegado o momento, teria que lhe entregar nas mãos dele, mas oseventos recentes foram inesperados, mas vamos para um local maisapropriado para conversar”.

Perto de Ultima, James, Lhina e Irshnacomeçaram a construir o plano de ataque a Miguel, “Sarah vem Irshna?”,“Eu receio que não, ela está em missão, e quanto ao Gabriel”, “Otraidor não deve estar entre nós, parece que somos só três mesmo, muitobem, precisaremos de uma distração, Ultima é altamente fortificada,precisaremos de sua água Lhina, Irshna, você foi treinada pela Sarah,sabe o que fazer”, “Pode deixar”. Irshna deveria fazer o máximopossível para parecer estar do lado de James, mantendo o ocupadoenquanto Sarah agiria pelas sombras do astral, em um pensamento:“Sarah, boa sorte”.

Na cidade dos guardiões, Alefka, Sarah aguardavaAbílio, “Ora quem vejo, a famosa e poderosa Sarah, muito tempo que nãoencontramo-nos, afinal lhe devo um favor que não queria cumprir, seuspedidos sempre me dão calafrios”, “Corta esse papo Abílio, Huncamé logoestará em Ultima com seu obelisco, se não o impedirmos então todo oplano astral será destruído e então ninguém conseguirá pará-lo”, “Vocêacredita mesmo em tal poder?”, “Eu acredito que devemos subestimarnossos inimigos, e seja o que for que Huncamé estiver pensando, comcerteza não será bom”, “Mas para detê-lo o certo seria reunir osquatro, não é mesmo?”, “Estamos indo para Epísola, quanto aoDelta...ele está morto, por isso você”, “Entendo”.

“Mestre Huncamé,está tudo quase pronto, só falta o portal”, “Certo, finalmente, chegouo momento que tanto queríamos, a hora do juízo final, reúna os outros eme deixe a só por algum momento”, “Sim senhor”, Huncamé volta aconversar no Xilbará, “Tudo está indo conforme o planejado”, “Lembre-seHuncamé, se falhar você morre, não subestime Miguel”, “Você acha que eudeveria me importal com tal? Ele vai estar ocupado quando ocorrer”,“Ocupado com o que?”, “Vocês acham que sabem muito sobre mim, apenasobservem”.

Em um restaurante no plano físico, Gabriel fica intrigadocom Isabel, “Foi dito a você que há 12 anos atrás, Sarah foi expulsa dacasa, tudo o que você sabe sobre ela é uma mentira, naquela época Sarahjá era uma excelente projetora, foi quando foi recrutada por Abíliopara treinamentos das equipes de resgate do astral, encantada com tudoaquilo aceitou a oferta, infelizmente ela tinha que ir embora de casa,conversamos muito, deixei ela ir, era seu sonho, lá seu companheiros deequipe foram Delta, Hotei e Huncamé, rapidamente se tornaram uma dasequipes mais poderosas das operações de resgate, que constituía asações de manter a ordem e levantar a moral de todo o plano, uma espéciede policiamento e assistência médica ao mesmo tempo, tudo ocorria muitobem, até emergir a inevitável guerra, provocada por Anúbis, o únicoextraterrestre que não descendeu seus poderes e que se tornou tãopoderoso que conseguiu destruir uma cidade até mesmo do plano causal”,“Plano causal?”, “Este plano está acima do mental e astral, habitam osmentores dos mentores”, “A guerra se estendeu durante muito tempo, pormotivos de livre arbítrio, Miguel, o arcanjo que criou a organizaçãodas equipes de resgate, deu a oportunidade dos membros de cada equipeseguissem outro caminho, a guerra era muito perigosa, o grupo do Abíliofoi um dos poucos que continuou existindo e desta vez, servindo a recémcriada cidade de Ultima, onde eram possuídos recursos avançados para aguerra, infelizmente algo trágico ocorreu neste processo, o amor deAbílio, Susan, que treinava uma outra equipe, foi morta pela próprioAnúbis, ele não agüentou e entrou em desespero, neste momento muitosgrupos dissolveram-se, Abílio desfez o grupo, refugiando-se em Samplo,a primeira cidade do astral, devido ao terror do próprio ambiente otornou insano, Delta, o aluno favorito dele, ficou aterrorizado e juntocom Sarah e Huncamé decidiram continuar o desejo de seu mestre, o fimda guerra, Hotei, ao ver tanta morte, se tornou comerciante de Epísola,herdando uma fortuna de seu pai”, “Então Huncamé já foi do bemmesmo?”“, “Sim Gabriel, os três sempre seguiam as ordens diretas deMiguel, já não tinham mais um mestre, Huncamé sempre foi poucosociável, o mais afastado do grupo, ninguém sabe o por que, sempreestava com uma expressão de tristeza, mesmo tendo uma família e amigosao seu lado, a guerra o deixara pior, muitas vezes eles se defrontavamcom escravos de Anúbis, Huncamé sempre queria matá-los, a morte, paraele, era a solução da guerra, até que um dia, o encontro entre a equipee o extraterrestre aconteceu, e numa batalha que durou bastante tempo,Huncamé viu, de alguma forma, esperança nele, que a guerra deveria serterminada por ele e não por Miguel, então, percebendo um sopro deesperança insana, despertou a habilidade de Ascender, em seus olhos foipossível notar que seu sofrimento era o mesmo que seu mestre e que,inevitavelmente, se tornaria como tal, foi neste exato momento, seaproximando mais da forma divina, sucumbiu ao mal, aliando-se a Anúbis,como uma chance, por ter tido uma luta razoável, ele permitiu que Sarahe Delta fossem embora, eles acabaram saindo mesmo, para refletir o diaque marcou suas vidas, e a partir desse dia, se tornaram como você osconhece hoje”, “Mas e agora? Huncamé vai atacar Ultima, e James? Elevai lutar contra Miguel”, “Sem chances de vitória para o James, eleestá no mesmo caminho para a maldade, me lembra muito Huncamé, masenfim, você tem que fazer uma coisa para mim Gabriel”, “Como assim?”

EmEpísola, Abílio e Sarah chegam na casa de Hotei, “Abílio? Isso épossível?”, “Sim Hotei, é bom vê-lo novamente, embora estou um poucodecepcionado, sair da equipe e trabalhar como comerciante é frustrantepara mim”, “Me desculpe mestre, entenda, eu estava com medo, poderiaser até mesmo como Huncamé ou...”, “Ou até comigo mesmo...Samplo fez euperceber que não há nada nesse mundo que pode trazê-la novamente, masficar lá me pareceu uma boa idéia, agora com um dos meus discípulos aolado de Anúbis... isso é algo que não posso permitir, vamos, hora dereunir a equipe novamente”.

Em Ultima, os soldados estavam patrulhamao redor da fortaleza normalmente até ouvirem um som, uma enorme ondede água se aproximava em terra para a fortaleza, provocada por Lhina,soldados telecinéticos tentam impedir, mas a onda era forte demais,inundando a maior parte da fortaleza. Lhina abre um buraco dentro daágua, permitindo a passagem para dentro da cidade, “Vão logo, não vouconseguir segurar por muito tempo”, “Certo, obrigado Lhina”, os doisentraram na cidade, a água foi desfeita, dentro do lugar James e Irshnacorrem através dos corredores, dezenas de soldados aparecem, “Vai logoJames, eu seguro eles”, James levita no ar e passa por todas as salaspara chegar à câmera principal, onde estava Miguel, “Arcanjo Miguel!”,“Discípulo de Vishnu Delta, James”, “Eu estou cansado disso, Delta estámorto, Huncamé está vivo e é tudo sua culpa!”, “Pois eu também estoucansado dessas blasfêmias, você realmente acha que algo nesse plano doHuncamé vai dar certo?”, “Ele possui o olho de dragão”, “E...? Huncaméestá em período kármico, apenas isso, não posso interferir em seu livrearbítrio”, “Pois está na hora das coisas mudarem”, James retira suaespada, “Eu também acho”, Miguel plasma uma espada”, os doisenfrentam-se, devido as suas próprias habilidades energéticas, avibração das duas espadas provoca uma explosão no teto da cidade.

Huncaméchega se aproxima de Ultima, vendo a explosão que aconteceu, olha parao lado e vê Lhina ofegante, “Vejo que alguém anda ocupado”, “Vejoalguém que não vai durar muito tempo Huncamé”, “Não se preocupe, tudoisso acabará em breve”. Huncamé vai em direção a fortaleza. No exatomomento que desaparece entrando na cidade Abílio, Sarah e Hoteiaparecem, “Lhina, o que aconteceu?”, “Huncamé apareceu, ele entrou,Irshna também está lá”, “Droga, chegamos atrasados, vamos Abílio eHotei, temos que correr”.

A luta entre James e Miguel estende-sepelos céus, o tintilar das espadas é grande, provocando muitasvibrações. Huncamé chega no calabouço do lugar, lá havia um grandepentagrama de ferro com um furo na ponta de cima, insere o obelisco nolocal, transformando o pentágono no meio em um portal, adentrando-o,Irshna, livre dos soldados, consegue segui-lo, entrando também noportal, no outro lado, era Psipo, a cidade dos portais, Huncamé passapelo corredor chegando na sala de teto aberto, um céu muito cinza,percebe uma presença, era Isabel, “Isabel? Impossível, o único jeito deacessar essa cidade é por Ultima”, “Isso é o que acha”, Irshna ficouescondida ouvindo a conversa, “Que seja, você não tem poder para meimpedir”, “O que pretende Huncamé?”, Huncamé forma uma esfera de luzroxa, a larga em uma esfera amarela brilhante que estava no meio dasala, a colisão das duas esferas a torna uma esfera cinza que começou agirar com grande intensidade.

Na cidade de Ultima, uma enorme luzroxa ergue-se para o céu, escurendo o lugar, apenas permanecendo obrilho da própria luz. Imediatamente Miguel pára de lutar, “Não,Huncamé”, “Finalmente ele conseguiu”, “O que? Todo esse tempo...você éaliado dele James!”, “Foi fácil fazer as pessoas não perceberem isso, aluta foi apenas uma distração, acabou Miguel, o plano astral serádestruído”, as mãos de Miguel tremem, “Ó pai poderoso, por favor,peço-lhe sabedoria, o que fazer?”, “Teu Deus logo cairá”.

No planofísico, um eclipse ocorre de repente, mas o anel em volta tornou-seroxo, nos pólo sul um raio roxo desce do eclipse ao chão. “Está feitoIsabel, não há como voltar”, “Acha que eu vim despreparada? Ascender:Zeus!”, “Isso é algo que não esperava, como veio parar aqui?”, “Gabrieltem a habilidade de criar portais, embora não saiba, tive que deixarele inconsciente para usar sua habilidade, não há mais tempo Huncamé, éhora de pagar pelos nossos pecados, ao contrário de

Categorías: Crônicas

Publicar un comentario

Uy!

Uy, se olvidó de algo.

Uy!

Las palabras que ha ingresado no coinciden con el texto dado. Por favor, inténtelo de nuevo.

2 comentarios

Responder ★ Propietario
22:24 Eel 19 Ee junio Ee 2010 
Valew Tiago por postar aki pra gnt!!

Obrigado
Responder DareDevil
17:36 Eel 19 Ee junio Ee 2010 
Já tinha lido no GVA mas tive que ler aqui denovo