Projecao Astral - Espiritualidade - Consciencia

Blog

Os Olhos

Publicada el 5 Ee noviembre Ee 2012 a las 13:40


Os Olhos


Algum dia já se perguntaram por que fomos feitos com os olhos na frente de nossas faces com a visão voltada para o exterior?


Por que será que não enxergamos de uma forma que pudéssemos nos ver todos os dias, ou toda hora?


O interessante é que isto não ocorre, você implacavelmente foi “condenado” por quem o criou a estar sempre vendo o outro. Enxergamos muito mais nossos pais, irmãos, esposos, amigos, colegas de trabalho, do que nós mesmos!


E ao pensar nisso, me veio a pergunta: por que fomos feitos assim?


Evidentemente que se nossos olhos tivessem a visão de nós mesmos, ficaria quase impossível locomover-se, por exemplo. Estaríamos sempre voltados com a nossa visão atrapalhada pela nossa imagem, e acabaria que não veríamos todo o resto ao nosso redor. Se bem que poderíamos ter antenas com os olhos nas pontas, e desta forma poder ter visão de tudo, inclusive de nós mesmos.


Se fomos feitos assim, com os olhos sempre voltados para fora, para enxergar o mundo a nossa volta, por que insistimos em enxergar apenas nossos anseios no mundo?


Será que quem nos criou não tinha um plano definido quando nos fez assim? Um órgão tão complexo como o olho humano que permite a visão do mundo ao nosso redor terá sido criado deste modo apenas porque necessitamos de nos locomover?


E esta reflexão fica mais interessante se pudéssemos reviver todas as nossas vidas passadas. Quem nós veríamos? Com certeza não seria nós mesmos, mas sim todos aqueles que estiveram conosco.Pergunte para alguém que teve alguma experiência de regressão.


Desta forma, há tanto o que se pensar desta simples constatação: o Criador não nos fez com a possibilidade de nos olharmos a toda hora! Ele também não negou isso, mas que dificultou um bocado, dificultou! Por que será?


Será que não seria para que enxergássemos a nós mesmos nos outros? Todas as lembranças que podemos ter (sonhos por exemplo) são formadas por imagens do outro.


Dor, felicidade, angustia, paz, alegria e qualquer sentimento humano nós sentimos a todo o momento, mas apenas vislumbramos nos outros! A não ser que você seja um artista de televisão, e mesmo assim, neste caso não se verá com um sentimento verdadeiro, já que seria uma atividade artística.


Vamos entrar no mundo do faz de conta, e fingir que este texto fosse uma mensagem do Criador, sabe como Ele concluiria?


Acho que na minha imaginação seria assim:


 

“Meus Filhos, seus Olhos estão nesta posição para que todos os anseios do próximo sejam seus anseios, para que a vida só tenha razão de ser para aquele que enxergasse no outro a ele mesmo e a Mim. Só enxergará a felicidade verdadeira no próximo, assim como a dor verdadeira, e desta forma, sentirá o mesmo em você. Desta forma, meus Filhos, jamais existirá felicidade verdadeira se aquele que você vê não é feliz!”


Por Rafael Eagle

Categorías: Reflexões

Publicar un comentario

Uy!

Uy, se olvidó de algo.

Uy!

Las palabras que ha ingresado no coinciden con el texto dado. Por favor, inténtelo de nuevo.

1 comentario

Responder Nina
16:29 Eel 6 Ee noviembre Ee 2012 
Profunda reflexão - levo-a comigo - até onde possa