Projecao Astral - Espiritualidade - Consciencia

Blog

Aula 30 - Mensageiros do Amanhecer - Ensinamentos das Pleiades - com Ibiatan Upadian

Publicada el 18 Ee agosto Ee 2012 a las 19:30

AULA Nº 30:

OUÇA ONLINE ABAIXO A GRAVAÇÃO DESTA AULA 


CAPÍTULO XIV

Emoções - O Segredo nas Crônicas do Tempo

(1ª Parte)

 

 

Existem seres neste universo que ainda não descobriram as emoções humanas. Quando vocês visitam terras antigas e observam as criações de outras épocas, podem sentir as freqüências e as vibrações inerentes a estes locais. Vocês sabem que lá existem chaves, sabem que existem mensagens - que há algo guardado dentro daquilo que outrora existiu, e irá revelar-­se novamente. Da mesma forma, os seres humanos possuem escondido dentro de si algo de enorme valor para a evolução do universo. Estamos nos referindo a tais dados como códigos e números mestres: fórmulas geométricas de luz essenciais à recriação e produção de formas de vida por todo o universo.


Os seres humanos foram largados, escondidos e esque­cidos desde os primórdios dos tempos, desde que seu DNA foi rearranjado. E aqueles tempos foram esquecidos. Vocês fi­caram de quarentena, como se estivessem nas masmorras do tempo por um período tão longo que, ao despontarem as no­vas eras, ninguém mais se lembrava que vocês estavam lá.


O que temos guardado que muitas espécies desconhecem?


Contudo, há os que não esqueceram. Enviaram vocês com a missão de mudar tudo: trazer de volta a memória e o valor da existência humana à frente da criação. Vocês são necessá­rios por serem portadores de algo que muitas outras espécies desconhecem inteiramente: a emoção. E, do mesmo modo que vocês precisam trabalhar juntos para atingirem individual­mente a plenitude e a riqueza do ser multidimensional, exis­tem seres tentando impulsionar o universo inteiro para uma nova oitava - buscando criar um novo território.


Os Guardiões do Tempo sabem onde os dados estão guardados, e vocês foram encontrados; foram escolhidos para trazê-los à luz. Nós avançamos - ou retrocedemos em relação a nosso tempo - para dar assistência àqueles cuja missão é des­vendar os anais do DNA humano. Estamos aqui para ajuda-­los a rearranjar o DNA no vosso interior, para então se tornarem parte da Biblioteca Viva.


Como já foi mencionado, o que está ocorrendo na Terra irá afetar muitos lugares. A energia enviada neste momento destina-se a redirecionar determinadas forças universais que, ao se alinharem, conduzirão este universo à conscientização simultânea de sua identidade. O que existe na Terra pode ser comparado a um segredo escondido nas crônicas do tempo, relacionado à emoção. Nesta dádiva da emoção há riqueza e abundância; há uma capacidade incrível de se transcender rea­lidades diferentes e vivenciar estados de consciência inteira­mente diversos. As emoções permitem que certas energias se liguem, se misturem, se fundam e percebam a si mesmas. Sem emoção, tal ligação não existiria.


Existem seres muito antigos no universo que percebe­ram a essência do planeta Terra. Eles vêm trabalhando há eons. São veneráveis anciões, mesmo para nosso sistema, respeita­dos como homens e mulheres de grande sabedoria, no concei­to de vocês, embora não sejam, de fato, homens nem tampouco mulheres. São considerados Guardiões da Existência deste sis­tema. São eles que fazem os movimentos e dirigem o sistema, como um capitão dirige o navio. Eles guiam o universo em seu curso; este é o seu trabalho. Assim como vocês têm o vosso trabalho, o deles é dirigir este universo rumo à descoberta. A partir do próprio aprendizado e da própria jornada, eles des­cobriram que precisam entrar em contato com outros universos.


Há um plano que consiste em impulsionar e enviar ener­gia para experiências novas. Neste momento, a Terra e vários outros sistemas onde vocês existem simultaneamente, servem como instrumento no renascer da emoção, com o propósito de compreender todas as identidades condensadas em uma só. Os universos estão descobrindo o que são capazes de fazer quando se unem e realizam um trabalho conjunto, da mesma forma que vocês estão descobrindo o que podem vir a ser. Não existe uma idéia preconcebida sobre aquilo que vai acontecer. Trata-se de um novo território.


A emoção é a chave de tudo isso. Como seres humanos, vocês precisam da emoção para  entrarem em contato com  Eu espiritual. A emoção é essencial à compreensão da espiritualidade porque emoções geram sentimentos. Os corpos mental e físico estão estreitamente ligados, da mesma forma que o estão os corpos emocional e espiritual. O corpo espiritual é aquele que existe além dos limites físicos. Vocês precisam da emoção para compreender o não-físico, e é por isso que as emoções têm sido tão controladas neste planeta. Foi-lhes ofe­recido muito pouco espaço emocional, e vocês foram incentivados a se sentirem impotentes e amedrontados.


Muitos de vocês não querem ultrapassar estas barreiras emocionais nem superar seus limites pessoais porque crêem poder ser doloroso. Gostariam de dizer "abracadabra" e que, num piscar de olhos eles desaparecessem. A dor traz-lhes sen­timentos. Se não conseguem sentir de outras maneiras, al­gumas vezes, para chamar sua atenção de seres humanos teimosos, vocês criam a dor para mostrar a si mesmos toda a gama de suas capacidades e para trazê-los à vida. Desse modo, conseguem sentir a riqueza de estarem vivos.


A maioria dos seres humanos tem medo de seu centro emocional, ou centro do sentimento; tem medo de sentir. Con­fiem em vossos sentimentos, não importa quais sejam eles Tenham confiança  de que eles o guiaram acreditem  que os sentimen­tos podem levá-los à realização. Todos querem estar dentro e fora da vida ao mesmo tempo. Costumam dizer: "Quero ficar aqui e ser uma pessoa poderosa, mas não quero sentir nem participar muito porque posso me machucar, ser sugado. Não confio na vida”.


Por que temos medo das emoções?


Quando ultrapassam o medo dos sentimentos, superam os julgamentos e permitem aflorar tudo o que sentem, conse­guem uma tremenda abertura porque podem levar os sentimen­tos para outras realidades. Se quiserem conseguir uma aceleração, mergulhem em algo que provoque sentimentos. Parem de contornar o assunto, achando que está tudo sob controle. Mergulhem bem no meio do sentimento, para poderem perceber se o estão controlando mesmo.


Não se trata de não saber sentir, o que ocorre é que vocês têm medo dos sentimentos. Não sabem o que fazer com eles quan­do aparecem. Como lhes trazem uma sensação de impotência, os associam com a expressão: "Ah, não, que droga!" Quando surge uma emoção que provoca dor ou raiva no vosso sistema de conceitos, a rotulam de nociva. Chega de pisar em ovos e evitar as emoções!


A raiva tem um propósito todos querem detoná-la e agir como se fosse uma _coisa  ruim. Comportam-se como se a raiva fosse uma verdura podre,um lixo a ser enterrado no quintal, como se não houvesse um propósito em sua existên­cia. Insistimos em enfatizar  que existe um propósito para o medo e um propósito para a raiva. Se se permitissem vivenciar e expressar os vossos medos ou o que pode levar à expressão da vossa raiva, aprenderiam alguma coisa. Quem evita deses­peradamente o medo e a raiva, quem realmente teme estes sen­timentos, tem muito o que aprender com essas emoções. São técnicas que lhes permitem superar os limites pessoais de com­portamento e identidade e vocês simplesmente têm medo de experimentá-las.


Vocês querem ser aceitos o tempo todo. Acham que ninguém vai apreciá-los, caso sintam ou façam certas coisas e por isso não se permitem tais sentimentos. A raiva vem daí. Sentem raiva porque emitem julgamentos em relação ao que podem, ou não fazer. Se não se permitirem sentir, não poderão aprender. São os sentimentos que os ligam à vida.

 

 

RESUMO:


Existem seres neste universo que ainda não descobriram as emoções humanas. Quando vocês visitam terras antigas e observam as criações de outras épocas, podem sentir as freqüências e as vibrações inerentes a estes locais. Vocês sabem que lá existem chaves, sabem que existem mensagens - que há algo guardado dentro daquilo que outrora existiu, e irá revelar-­se novamente. Da mesma forma, os seres humanos possuem escondido dentro de si algo de enorme valor para a evolução do universo. Estamos nos referindo a tais dados como códigos e números mestres: fórmulas geométricas de luz essenciais à recriação e produção de formas de vida por todo o universo.


Os seres humanos foram largados, escondidos e esque­cidos desde os primórdios dos tempos, desde que seu DNA foi rearranjado. E aqueles tempos foram esquecidos. Vocês fi­caram de quarentena, como se estivessem nas masmorras do tempo por um período tão longo que, ao despontarem as no­vas eras, ninguém mais se lembrava que vocês estavam lá.


Contudo, há os que não esqueceram. Enviaram vocês com a missão de mudar tudo: trazer de volta a memória e o valor da existência humana à frente da criação. Os Guardiões do Tempo sabem onde os dados estão guardados, e vocês foram encontrados; foram escolhidos para trazê-los à luz


O que existe na Terra pode ser comparado a um segredo escondido nas crônicas do tempo, relacionado à emoção. Nesta dádiva da emoção há riqueza e abundância; há uma capacidade incrível de se transcender rea­lidades diferentes e vivenciar estados de consciência inteira­mente diversos. As emoções permitem que certas energias se liguem, se misturem, se fundam e percebam a si mesmas. Sem emoção, tal ligação não existiria.


A emoção é a chave de tudo isso. Como seres humanos, vocês precisam da emoção para  entrarem em contato com  Eu espiritual. A emoção é essencial à compreensão da espiritualidade porque emoções geram sentimentos.


Se não se permitirem sentir, não poderão aprender. São os sentimentos que os ligam à vida.

 

 

PERGUNTAS DESTINADAS A FACILITAR A COMPREENSÃO DO TEXTO E PROMOVER O DEBATE:

 

1 - O que os seres humanos guardam dentro de si e o que devem fazer com o que está guardado?

2 - Quem nos encontrou e o que viemos fazer?

3 - Somos parte do que?

4 - O que está contido na emoção?

5 - Quem são e o que fazem os veneráveis anciões?

6 - Para que serve a emoção?

7 - O que as emoções geram?

8 - Com qual missão nos enviaram?

9 - O que temos guardado que muitas espécies desconhecem?

10 - O que os seres humanos possuem guardados dentro de si?

Categorías: Grupo de Estudos Mensageiros do Amanhecer

Publicar un comentario

Uy!

Uy, se olvidó de algo.

Uy!

Las palabras que ha ingresado no coinciden con el texto dado. Por favor, inténtelo de nuevo.

0 comentarios