Projecao Astral - Espiritualidade - Consciencia

Blog

Aula 24 - Mensageiros do Amanhecer - Ensinamentos das Pleiades - com Ibiatan Upadian

Publicada el 18 Ee agosto Ee 2012 a las 18:00

AULA Nº 24:

OUÇA ONLINE ABAIXO A GRAVAÇÃO DESTA AULA 


CAPÍTULO XI

O Nome do Jogo

(2ª Parte)

 

 

As vossas palavras têm a capacidade tanto de 'dar po­der' quanto de 'tirar poder'. Nós queremos que vocês tenham a coragem de viver a vossa luz e não nos cansamos de enfa­tizar que os vossos pensamentos formulam o vosso mundo. Eliminem as palavras deveria e tentando do vosso vocabulário se pagassem uma multa cada vez que proferissem estas pala­vras, teriam contraído uma grande dívida. Vocês possuem uma enorme divida de falta de poder e impotência. Deveria implicar operar sob a soberania de outrem. Gostaríamos de lembrar-­lhes que os vossos soberanos são vocês mesmo.

 

Se alguém está tentando editar um artigo ou tentando mudar seus padrões, pode ficar tentando o resto da vida. Tentar  não é fazer. Sempre que vocês usam a palavra tentando, não realizam nada, porque tentar é uma desculpa: "Eu tentei fazer aquilo. Eu tentei. Eu tentei. Em vossas vidas, usem as expressões: "Estou criando", "Estou fazendo", "Estou manifestan­do", "Tenho a intenção", "Estou realizando". Esqueçam "Estou-­tentando"  Ao se tornarem realizadores ,vocês são capazes de mani­festar o que querem da vida e passam a ser um espelho para muitas pessoas.


Se colocarem-se atrás dos outros e tiverem medo de pos­suir o que eles têm por achar que não há o suficiente para to­dos, é porque ainda não compreenderam que, à medida que permitirem aos princípios divinos trabalhar em vossos corpos e ancorar no planeta, vocês se tornam um exemplo vivo de luz. Vocês permitem que o propósito da luz se movimente atra­vés dos vossos corpos, tornando-se exemplos vivos daquilo que as outras pessoas também podem realizar. Esta é a alta vibração que queremos ensinar a todos vocês. Queremos que compreendam que não há limite.


Não há limite no planeta inteiro. Cada pessoa do plane­ta pode operar em cooperação, numa unidade de ser. Tudo aquilo que receberem, seja espiritual ou material, não consti­tui um privilégio vosso: Precisam compreender que são capa­zes de deixar os princípios divinos operarem em vosso corpo físico e que podem mostrar às outras pessoas como isso ocorre. Vão poder dizer: "Olhe, isso funciona. Eu faço. Você também pode fazer.”


Não devem ter medo de se manifestar. Vocês sentem medo porque cresceram obedecendo a uma ética que afirma: "As coisas só têm valor quando lutamos por elas. Se você não dá duro, não consegue nada." É imperativo que todos obser­vem bem esta idéia de trabalho duro e descubram a sua ori­gem. Observem os vossos pais e o sistema de crenças que eles tiveram. Nós estamos falando do nascimento de uma consciên­cia que representa a nova espécie humana que aprende como fazer as coisas sem esforço.


Se é preciso muito esforço para que façam algo, esqueçam. Se parece que vai dar muito trabalho é porque alguma coisa está querendo lhes dizer que esse não é o caminho. So­mente quando a coisa  chega sem esforço e se adapta facilmen­te sem que ninguém faça muito por ela, está certa. Se todos começarem a viver assim, mudarão completamente a maneira pela qual a vossa consciência aborda a vida. Não se trata de falta de responsabilidade ou de cooperação - é uma nova ma­neira de carregar tijolos de um lugar para outro.


Uma vez perguntamos a um grupo de pessoas perto de uma grande pilha de tijolos: "Como vocês fazem para mudar os tijolos de lugar?" Todos responderam: "Bem, nós pegamos um por um”. E nós retrucamos: "Vocês nunca pensaram em contratar alguém para fazer isso”?


Se a vossa tarefa consiste em mudar os tijolos de lugar, a vossa primeira resposta ao que fazer pode ser: "Vou mudá-los. Vou carregá-los”. Contudo, podem chamar alguém e dizer: "Mude estes tijolos para mim”. Se fizerem isso, ainda estarão cumprindo a vossa tarefa. Estão fazendo o que precisa ser feito. O trabalho foi feito. Percebem a diferença?


O dinheiro parece ser um problema para todo o mundo. Todos têm idéias definitivas sobre a forma pela qual o dinheiro chega a vocês. Quanto mais acreditarem que precisam traba­lhar duro para ganhar dinheiro, mais duro terão que trabalhar. Muitos acham que é normal trabalhar muito para ganhar di­nheiro, e que se não trabalharem, esse dinheiro é "sujo". Permitam-nos pedir-lhes que se lembrem das palavras sem esforço e as incorporem a seu vocabulário. Digam para si mesmos: "É minha intenção que isto se realize sem esforço." Realizar sem esforço é comandar a realidade para que ela se ofereça de uma forma que permita a expansão de muita energia para outras experiências.


Não se esqueçam, a vossa realidade é o resultado dos vossos pensamentos. Se acham que as coisas são difíceis, o que estão criando? Muitos de vocês passaram vidas inteiras hon­rando e respeitando membros da família ou pessoas da socie­dade que consideravam cidadãos dignos, que representavam determinada ética e sistema de valores no trabalho. Vocês nun­ca pensaram em questionar essa ética para ver se haveria al­guma outra. Por isso acreditam que, para ganhar dinheiro, precisam dispender grande quantidade de energia, ou ser em­pregados por alguém que pague os vossos serviços, ou coisas no gênero. Estas idéias são total e completamente erradas. Quando vocês permitem, o Espírito os compensa de formas totalmente inesperadas. A única razão de isto não ter ocorrido antes é porque vocês simplesmente não acreditavam que fosse possível. Quando acreditam que as coisas são possíveis, a rea­lidade muda.


Estado mental é o nome do jogo aqui. O que vocês sentem em relação à realidade e como programam a realidade, será como irão responder a ela, ou como ela irá se apresentar a vocês. É por isso que dizemos: "Vão com tudo! Sejam impulsi­vos! Nada de moderação! Façam o que vos dá prazer! Façam o impossível! Vocês podem fazer isso. Podem fazer tudo o que tiverem vontade. Vocês vão transformar o vosso mundo, não importa em que estado ele se encontre.


Não esqueçam que quando aprendem as regras do jogo - que vocês são o resultado do pensamento e que isto é uma lei dentro do vosso universo - tudo o que precisam fazer é pensar como querem ser, e assim serão. Uma vez descoberto esse princípio, podem projetar o vosso corpo, a vossa idade e consertar tudo em relação a vocês mesmos, pois estarão auto­motivados, auto-fortalecidos e serão auto-geradores.

 

 

RESUMO:

As vossas palavras têm a capacidade tanto de 'dar po­der' quanto de 'tirar poder'. Nós queremos que vocês tenham a coragem de viver a vossa luz e não nos cansamos de enfa­tizar que os vossos pensamentos formulam o vosso mundo.


Em vossas vidas, usem as expressões: "Estou criando", "Estou fazendo", "Estou manifestan­do", "Tenho a intenção", "Estou realizando". Esqueçam "Estou tentando" Ao se tornarem realizadores, vocês são capazes de mani­festar o que querem da vida e passam a ser um espelho para muitas pessoas.


Queremos que compreendam que não há limite.


Não há limite no planeta inteiro. Cada pessoa do plane­ta pode operar em cooperação, numa unidade de ser. Tudo aquilo que receberem, seja espiritual ou material, não consti­tui um privilégio vosso: Precisam compreender que são capa­zes de deixar os princípios divinos operarem em vosso corpo físico e que podem mostrar às outras pessoas como isso ocorre. Vão poder dizer: "Olhe, isso funciona. Eu faço. Você também pode fazer.”


Nós estamos falando do nascimento de uma consciên­cia que representa a nova espécie humana que aprende como fazer as coisas sem esforço.


So­mente quando a coisa chega sem esforço e se adapta facilmen­te sem que ninguém faça muito por ela, está certa.


Permitam-nos pedir-lhes que se lembrem das palavras sem esforço e as incorporem a seu vocabulário. Digam para si mesmos: "É minha intenção que isto se realize sem esforço." Realizar sem esforço é comandar a realidade para que ela se ofereça de uma forma que permita a expansão de muita energia para outras experiências.


Não se esqueçam, a vossa realidade é o resultado dos vossos pensamentos.. Quando vocês permitem, o Espírito os compensa de formas totalmente inesperadas. A única razão de isto não ter ocorrido antes é porque vocês simplesmente não acreditavam que fosse possível. Quando acreditam que as coisas são possíveis, a rea­lidade muda.


Estado mental é o nome do jogo aqui. O que vocês sentem em relação à realidade e como programam a realidade, será como irão responder a ela, ou como ela irá se apresentar a vocês. Não esqueçam que quando aprendem as regras do jogo - que vocês são o resultado do pensamento e que isto é uma lei dentro do vosso universo - tudo o que precisam fazer é pensar como querem ser, e assim serão. Uma vez descoberto esse princípio, podem projetar o vosso corpo, a vossa idade e consertar tudo em relação a vocês mesmos, pois estarão auto-­motivados, auto-fortalecidos e serão auto-geradores.

 

 

PERGUNTAS DESTINADAS A FACILITAR A COMPREENSÃO DO TEXTO E PROMOVER O DEBATE:


 1- Qual o significado da frase? Os vossos pensamentos formulam o vosso futuro.

2 - De acordo com o segundo parágrafo quais são as palavras de poder que devemos utilizar?

3 - Como podemos deixar os princípios divinos atuarem em nossas vidas?

4 - Qual o nome do jogo?

5 - Que palavra de poder devemos incorporar em nosso vocabulário?

6 - Qual a lei dentro do nosso universo que permite, tanto dar poder quanto tirar poder?

7 - O que significa “Queremos que compreendam que não há limite.”

8 - Quais as palavras que devemos eliminar do nosso vocabulário?

9 - O que devemos fazer para viver em cooperação e em unidade de ser?

Categorías: Grupo de Estudos Mensageiros do Amanhecer

Publicar un comentario

Uy!

Uy, se olvidó de algo.

Uy!

Las palabras que ha ingresado no coinciden con el texto dado. Por favor, inténtelo de nuevo.

0 comentarios