Projecao Astral - Espiritualidade - Consciencia

Blog

Aula 15 - Mensageiros do Amanhecer - Ensinamentos das Pleiades - com Ibiatan Upadian

Publicada el 18 Ee agosto Ee 2012 a las 16:10

AULA Nº 15:

OUÇA ONLINE ABAIXO A GRAVAÇÃO DESTA AULA 


CAPÍTULO VII

 A Fusão Multidimensional

(2ª Parte)

 


Esta é a era do Eu multidimensional: o Eu que pode des­locar-se conscientemente em muitas realidades diversas; o Eu que pode eventualmente bilocalizar-se e desaparecer; o Eu que pode movimentar-se na quarta dimensão - aquele que percebe, não aquele que pensa. Esta é a era do Eu que compreende que a parte pensante de si é muito importante, mas não deve ser a polícia do corpo físico: deve ser um conselheiro.


Vocês agora estão sendo orientados para cultivar a in­tuição, a avenida que vai conduzir ao casamento da consciên­cia. Trata-se do casamento do aspecto masculino, que é o lógico, com o aspecto feminino, que é o sentimento. Implica em uni-los para que se tornem um.


Chegou a hora de agitar. Vocês encontram-se num pon­to crucial e este é o momento de uma enorme mudança, um enorme salto, um abandonar, um liberar, um deixar ir. Chegou a hora de permitir, sem restrições, que a luz e o espírito movi­mentem cada um de vocês através de suas existências chegou a hora de permitir que se tornem um com os aspectos multidimensionais do Eu, e com partes do Eu que nem imagi­nam existir. Estes aspectos do Eu existem realmente. Estão liga­dos a vocês e os usam, pois vocês são portadores de suas almas, como veículos de movimento da luz neste universo, neste momento.


Aqueles do nosso grupo que articulavam as probabili­dades do Criador Primordial estavam corretos em suas viagens no tempo e em suas antecipações. Realmente, o Criador Primordial está enviando uma mudança de vibração para esta área de existência, esta zona de consciência de livre-arbítrio. A ação está acontecendo aqui na Terra, agora.


Esta é uma experiência de enorme amplitude e é com grande emoção e ansiedade que cada um de vocês veio parti­cipar dela. Tenham coragem. Ê difícil enfatizar suficientemen­te: tenham coragem. Sigam a vossa orientação interior e confiem em si mesmos. Chamem a energia para os vossos corpos físicos e utilizem-na. Desafiem as leis da humanidade, porque foi isso que vieram fazer aqui. Vocês são renegados, assim como nós.


Existem pessoas que não conseguem viajar nesta rota de consciência, e tudo bem. Não é uma rota muito fácil, mas trará as recompensas que suas almas estão buscando, mesmo que elas cheguem através de batalhas. Vocês estão desmatando a consciência e chegarão a um lugar onde a vista é muito ampla, onde terão opções completamente novas em relação a onde ir, dentro e fora do planeta. As pessoas que se envolverem com vocês irão descobrir que também elas terão novas opções. Toda a conscientização atraída para este planeta nesta época acen­derá a centelha de evolução que irá alterar a estrutura do uni­verso. Pensem grande. Pensem realmente grande e sigam em frente.


Quem são estes seres multidimensionais? Muitas vezes vocês foram induzidos a acreditar que existem outras porções de vocês mesmos que estão muito mais unidas e sabem muito mais do que vocês. De certa forma isto foi e ainda é verdade. Contudo, vão descobrir que, sendo os portadores de suas al­mas, começarão a ativar dados arquivados dentro do corpo que contêm a história integral de vossas existências.


Como saber quando estes outros aspectos do ser come­çarão a se manifestar? Pode ser de forma muito sutil, ou de forma violenta, como se levassem uma pancada na cabeça.


Depende, simplesmente, de cada um. Podem estar sentados um belo dia e, de repente, num piscar de olhos, se encontrarem num lugar diferente. Isto é como levar uma pancada na cabe­ça. De forma mais sutil, podem estar andando na rua, olhando uma vitrine, quando de repente um manequim, um desenho, ou uma palavra dispara algo dentro de vocês; por um momen­to dão uma guinada e captam a imagem clara de uma identi­dade simultânea - existindo ao mesmo tempo que vocês.


Começarão a descobrir aspectos de si mesmos que exis­tem não-fisicamente, ou partes de vocês que são criaturas tra­balhando no espaço, seres extraterrestres de verdade. A alma vai despertar. Ela conhecerá cada aspecto de si mesma, e cada aspecto seu compreenderá tudo a respeito de si instanta­neamente.


Tornar-se-ão conscientes de todas as realidades de uma só vez, ao aprenderem como entrar no ritmo vibracional da quarta dimensão. Desenvolverão esta capacidade equilibran­do primeiro três ou quatro realidades, depois cinco ou seis, e assim por diante. Despertarão as faculdades do Criador Pri­mordial e cada um se tornará o seu próprio Criador Primordial. O objetivo do Criador Primordial ao criar este universo e to­dos os outros, era desenvolver-se a ponto de possuir tantos canais de dados multidimensionais abertos, que ele - cuja cons­ciência está em todas as coisas - estaria consciente de si em todos os eventos que envolvessem cada uma destas coisas, e conseguiria computar tudo isso sem enlouquecer.


Vocês estão desenvolvendo esta faculdade. Basicamente, a parte que estão atravessando agora é a mais árdua, porque estão duvidando e questionando se tudo isso é realmente ver­dade. O corpo diz uma coisa e a mente diz outra. O corpo diz uma coisa e a sociedade diz outra. O conhecimento está cres­cendo, e trata-se do conhecimento daquilo que está desper­tando dentro de vocês.


Precisam estar empenhados o tempo todo. Quando co­meçarem a vivenciar estas habilidades, estes dons, precisam aprender a trabalhá-los. Comecem sabendo que possuem orien­tação divina e que todos os acontecimentos atraídos para vocês os levam ao crescimento, não importa a revolução que pare­çam produzir em suas vidas. E, principalmente, estes eventos tomarão vocês mais ricos. A situação atual pode ser compara­da a alguém descarregando barris cheios de ouro no vosso quintal e vocês dizerem: "Droga! O ouro está estragando a gra­ma!" Vocês podem achar que o gramado não está tão bonito quanto era por causa do ouro.


Aprendam a participar de qualquer experiência que vivenciem; participem plenamente do vosso corpo físico. Des­frutem dele, tenham bons momentos com ele e aprendam a, simultaneamente, observar suas experiências, o efeito que es­tas experiências provocam nas outras pessoas e em vocês mes­mos, e os resultados que obtêm de cada uma delas. E assim, sempre que algo de natureza extraordinária ocorrer, poderão dizer para si mesmos: "Uau! Outra vez! O que é que eu posso aprender com isto?”


Quando não estiverem tendo estas experiências, imagi­nem-se assumindo o controle de suas vidas, agindo como se pudessem comandar ou alterar uma destas experiências a pró­xima vez que elas surgirem. Vocês conseguem fazê-lo, da mes­ma forma como aprenderam a despertar no meio de um pesadelo e a ordenar que não seriam raptados pelo bicho papão, ou a fazer o sino tocar bem na hora em que iam ganhar um zero. Como indivíduos e como espécie, devem cultivar essa credibilidade ou intenção em todas as experiências da vida.


Uma convergência de seus "Eus" está prestes a ocorrer neste planeta. Os "Eus" que vão encontrar estão chegando de todos os confins do universo. Existem "Eus" que a simples lembrança petrifica, e "Eus" que a simples visão poderia matá­-los de um ataque cardíaco. Estes "Eus" são vocês.


A Terra está passando por uma iniciação. Vocês passa­rão por uma iniciação porque fazem parte da Terra e não po­dem separar-se deste sistema. A Terra está se transformando e pretende agir como um dominó para o seu sistema solar. Pre­tende fundir múltiplos mundos em um, pretende estar anco­rada o suficiente para permitir que todos esses mundos existam e para traduzir a experiência. A Terra está pronta para isso. E, claro, todos vocês também devem estar.


O mundo 3-D (tridimensional) está fadado a uma coli­são de dimensões - não uma colisão de mundos, mas uma co­lisão de dimensões. Muitas dimensões irão chocar-se. Algumas destas dimensões podem parecer pavorosas, aterrorizadoras. O teste, a iniciação - e iniciação significa sempre atuar em ou­tra realidade para conquistá-la e transmutá-la - será defron­tar-se com estas energias e entidades aparentemente de um horror total e compreender que elas vieram fundir-se com vocês porque são vocês. Elas fazem parte do ser multidi­mensional que vocês são, e vocês são os portadores da alma, vocês são luz. As trevas virão à luz. Sejam muito claros quando lidarem com estas coisas. Se estiverem hesitantes sobre algo, não o façam. Sejam claros.


Nós definimos luz como a promoção, a distribuição e o partilhar de informação. Trevas são o controle e a retenção de informação. Pensem sobre isso, sintam. Vocês vieram a este planeta com um programa codificado para trazer luz e provo­car uma transformação planetária colossal. Vieram para serem os porta-estandartes das vossas almas, a parte das vossas al­mas que vai liderar e que diz: "Eu estabeleço o ritmo aqui e o ritmo é luz e informação; nada de sombras.”


Alguma vez já pensaram que existem porções do vosso Eu que se encontram nas trevas e que não conseguem chegar à luz, a não ser com a vossa ajuda? Elas também querem luz. Elas querem respostas e soluções. O que vocês sentem pode não ser a intenção das forças das trevas, e sim a emoção das forças das trevas - o medo que vibra decorrente da falta de informação. Partes dos vossos Eus que estão desinformadas virão a vocês para receberem informação. Como vão informa-­las? Espalhando luz; compartilhando a luz. Dizendo: "É minha intenção que todos os meus outros Eus venham comigo nesta jornada e que também eles recebam a luz". É muito simples.


A batalha entre a luz e as trevas na verdade não serve a vocês. Faz parte da história de separação que os confunde. Na verdade, trata-se simplesmente de aspectos individuais de al­mas que adotaram aparências diferentes, entrando em confli­to consigo mesmas. Vocês estão lutando consigo mesmo. A batalha da luz contra as trevas, ou do bem contra o mal, não passa de uma batalha entre porções de vocês mesmos. Estas porções são extensões multidimensionais, ou reencarnações, do mesmo coletivo de energias de que fazem parte como indi­víduos. Quando não compreendem determinada coisa, vocês a temem. Como formas separadas da consciência que faz par­te do jogo do Criador Primordial, encontram-se num universo feito por dualidades. O Criador Primordial trouxe este univer­so à existência com os componentes do livre-arbítrio, para que este conduzisse ao caos e depois a um realinhamento de ener­gia e a uma percepção do Criador em todas as coisas.


Com o livre-arbítrio tudo é permitido e as oposições acontecem. Estas oposições retalham o Eu, da mesma forma que o Criador Primordial está em todas as coisas e permite todas as coisas. As coisas que os amedrontam são vocês. Por­tanto, quando se concentrarem na história do bem e do mal e quiserem compreendê-la, precisam apenas perceber que estão jogando bola com outros aspectos de vocês mesmos que lhes permitem jogar do vosso ponto de vista.


O assim chamado mal serve a um grande propósito. Vocês julgam-no apenas porque parece ruim. Como membros da Família da Luz, quando vivem em outros lugares, vivenciam vários aspectos de si que podem atingir a perfeição. Quando vêm para a Terra, entram na densidade do planeta e só podem atuar com a limitada dupla-hélice, por isso esquecem muitas coisas. Agora, à medida que forem despertando e reco­nhecendo a vossa potencialidade, vão descobrir que vocês são vossos próprios inimigos.

 

 

RESUMO:


Esta é a era do Eu multidimensional: o Eu que pode des­locar-se conscientemente em muitas realidades diversas; o Eu que pode eventualmente bilocalizar-se e desaparecer; o Eu que pode movimentar-se na quarta dimensão - aquele que percebe, não aquele que pensa. Esta é a era do Eu que compreende que a parte pensante de si é muito importante, mas não deve ser a polícia do corpo físico: deve ser um conselheiro.


Vocês agora estão sendo orientados para cultivar a in­tuição, a avenida que vai conduzir ao casamento da consciên­cia. Trata-se do casamento do aspecto masculino, que é o lógico, com o aspecto feminino, que é o sentimento. Implica em uni-los para que se tornem um.


Chegou a hora de agitar. Vocês encontram-se num pon­to crucial e este é o momento de uma enorme mudança, um enorme salto, um abandonar, um liberar, um deixar ir. Chegou a hora de permitir, sem restrições, que a luz e o espírito movi­mentem cada um de vocês através de suas existências chegou a hora de permitir que se tornem um com os aspectos multidimensionais do Eu, e com partes do Eu que nem imagi­nam existir. Estes aspectos do Eu existem realmente. Estão liga­dos a vocês e os usam, pois vocês são portadores de suas almas, como veículos de movimento da luz neste universo, neste momento.


Realmente, o Criador Primordial está enviando uma mudança de vibração para esta área de existência, esta zona de consciência de livre-arbítrio. A ação está acontecendo aqui na Terra, agora.


Sigam a vossa orientação interior e confiem em si mesmos. Chamem a energia para os vossos corpos físicos e utilizem-na. Desafiem as leis da humanidade, porque foi isso que vieram fazer aqui. Vocês são renegados, assim como nós.


Existem pessoas que não conseguem viajar nesta rota de consciência, e tudo bem. Não é uma rota muito fácil, mas trará as recompensas que suas almas estão buscando, mesmo que elas cheguem através de batalhas. Toda a conscientização atraída para este planeta nesta época acen­derá a centelha de evolução que irá alterar a estrutura do uni­verso. Pensem grande. Pensem realmente grande e sigam em frente.


Contudo, vão descobrir que, sendo os portadores de suas al­mas, começarão a ativar dados arquivados dentro do corpo que contêm a história integral de vossas existências.


Como saber quando estes outros aspectos do ser come­çarão a se manifestar? Pode ser de forma muito sutil, ou de forma violenta, como se levassem uma pancada na cabeça.


Depende, simplesmente, de cada um. Começarão a descobrir aspectos de si mesmos que exis­tem não-fisicamente, ou partes de vocês que são criaturas tra­balhando no espaço, seres extraterrestres de verdade. A alma vai despertar. Ela conhecerá cada aspecto de si mesma, e cada aspecto seu compreenderá tudo a respeito de si instanta­neamente.


Tornar-se-ão conscientes de todas as realidades de uma só vez, ao aprenderem como entrar no ritmo vibracional da quarta dimensão. Desenvolverão esta capacidade equilibran­do primeiro três ou quatro realidades, depois cinco ou seis, e assim por diante. Despertarão as faculdades do Criador Pri­mordial e cada um se tornará o seu próprio Criador Primordial. Comecem sabendo que possuem orien­tação divina e que todos os acontecimentos atraídos para vocês os levam ao crescimento, não importa a revolução que pare­çam produzir em suas vidas. E, principalmente, estes eventos tomarão vocês mais ricos.


Uma convergência de seus "Eus" está prestes a ocorrer neste planeta. Os "Eus" que vão encontrar estão chegando de todos os confins do universo. Existem "Eus" que a simples lembrança petrifica, e "Eus" que a simples visão poderia matá-los de um ataque cardíaco. Estes "Eus" são vocês.


A Terra está passando por uma iniciação. Vocês passa­rão por uma iniciação porque fazem parte da Terra e não po­dem separar-se deste sistema. A Terra está se transformando e pretende agir como um dominó para o seu sistema solar. Pre­tende fundir múltiplos mundos em um, pretende estar anco­rada o suficiente para permitir que todos esses mundos existam e para traduzir a experiência.


O mundo 3-D (tridimensional) está fadado a uma coli­são de dimensões - não uma colisão de mundos, mas uma co­lisão de dimensões. Algumas destas dimensões podem parecer pavorosas, aterrorizadoras. O teste, a iniciação - e iniciação significa sempre atuar em ou­tra realidade para conquistá-la e transmutá-la - será defron­tar-se com estas energias e entidades aparentemente de um horror total e compreender que elas vieram fundir-se com vocês porque são vocês. Elas fazem parte do ser multidi­mensional que vocês são, e vocês são os portadores da alma, vocês são luz. As trevas virão à luz.


Nós definimos luz como a promoção, a distribuição e o partilhar de informação. Trevas são o controle e a retenção de informação. Vocês vieram a este planeta com um programa codificado para trazer luz e provo­car uma transformação planetária colossal.


Alguma vez já pensaram que existem porções do vosso Eu que se encontram nas trevas e que não conseguem chegar à luz, a não ser com a vossa ajuda? Elas também querem luz. Elas querem respostas e soluções. O que vocês sentem pode não ser a intenção das forças das trevas, e sim a emoção das forças das trevas - o medo que vibra decorrente da falta de informação. Partes dos vossos Eus que estão desinformadas virão a vocês para receberem informação. Como vão informa-­las? Espalhando luz; compartilhando a luz.


A batalha entre a luz e as trevas na verdade não serve a vocês. Faz parte da história de separação que os confunde.


Vocês estão lutando consigo mesmo. A batalha da luz contra as trevas, ou do bem contra o mal, não passa de uma batalha entre porções de vocês mesmos. Estas porções são extensões multidimensionais, ou reencarnações, do mesmo coletivo de energias de que fazem parte como indi­víduos. Quando não compreendem determinada coisa, vocês a temem.


Com o livre-arbítrio tudo é permitido e as oposições acontecem. Estas oposições retalham o Eu, da mesma forma que o Criador Primordial está em todas as coisas e permite todas as coisas. As coisas que os amedrontam são vocês. Por­tanto, quando se concentrarem na história do bem e do mal e quiserem compreendê-la, precisam apenas perceber que estão jogando bola com outros aspectos de vocês mesmos que lhes permitem jogar do vosso ponto de vista.


O assim chamado mal serve a um grande propósito. Vocês julgam-no apenas porque parece ruim. Como membros da Família da Luz, quando vivem em outros lugares, vivenciam vários aspectos de si que podem atingir a perfeição. Quando vêm para a Terra, entram na densidade do planeta e só podem atuar com a limitada dupla-hélice, por isso esquecem muitas coisas. Agora, à medida que forem despertando e reco­nhecendo a vossa potencialidade, vão descobrir que vocês são vossos próprios inimigos.

 

 

PERGUNTAS DESTINADAS A FACILITAR A COMPREENSÃO DO TEXTO E PROMOVER O DEBATE:

 

1 - Em que consiste a grande mudança e o que devemos fazer?

2 - Quem são estes seres multidimensionais?

3 - Como saber quando outros aspectos do ser come­çarão a se manifestar?

4 - O que devemos fazer para desafiar as leis da humanidade?

5 - Em que consiste a iniciação da terra?

6 - Em que consiste a colisão de dimensões?

7 - Como são definidas luz e trevas?

8 - O que devemos fazer para integralizar partes do nosso Eu que vivem experiências nas trevas?

9 - O que está prestes a ocorrer neste planeta?

10 - Em que consiste a batalha entre luz e trevas?

11 - Qual o objetivo do Criador primordial ao propor a experimentação num universo de dualidade?

12 - No universo de dualidade onde encontramos o criador primordial?

13 - A quem serve o mal?

Categorías: Grupo de Estudos Mensageiros do Amanhecer

Publicar un comentario

Uy!

Uy, se olvidó de algo.

Uy!

Las palabras que ha ingresado no coinciden con el texto dado. Por favor, inténtelo de nuevo.

0 comentarios